A regra número 1 no investimento imobiliário é que você ganha dinheiro na compra, não na venda.

Confira agora
É importante que sua oferta seja justa para o vendedor,
mas também justa para o investidor. Por esse motivo, é necessário que você
faça sua lição de casa antes de fazer sua oferta.
Como você estará comprando imóveis em dificuldades que precisam de reparos
ou atualização, o Valor Justo de Mercado (FMV) seria o valor da casa após os
reparos, não como está agora. Isso é chamado de ARV (Valor Após o Reparo).
As duas áreas que têm maior efeito na oferta são os ARV e o custo dessas
reparações. Se um deles estiver desligado, um bom negócio pode rapidamente
se tornar um pesadelo financeiro.
A maneira mais comum de determinar o valor justo de mercado é através do uso
de comparáveis. Este processo visa a venda de imóveis similares na área, seu
valor e preço de venda. Ao fazer comparações, é necessário certificar-se de que
você não está comparando maçãs com laranjas, ou seu valor de mercado não
será preciso. Ao fazer uma pesquisa de comparáveis, baseie-se em: • Tamanho
(quantidade de pés quadrados) • O número de quartos • O número de banheiros
• Tipo de construção • Tamanho do lote • Idade • Área (os comparáveis precisam
ser o mais próximo da propriedade quanto possível) • Período de tempo (devem
ser dados atuais) • Amenidades Ao olhar para o que essas propriedades foram
vendidas, você pode determinar uma faixa aproximada do FMV.
A melhor maneira de obter um valor preciso sem realmente pagar por uma
avaliação é fazer com que um corretor de imóveis faça os comparáveis ou um
“CMA” ou Análise de Mercado Comparável” para você. Isso leva apenas alguns
minutos e os comparáveis usados podem ser os mesmos que uma imobiliária
usará.

Leave a Reply

Your email address will not be published.